EUA estudam impulsionar cúpula regional com participação saudita

Agência EFE

JERUSALÉM - O primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, revelou nesta quarta-feira que os Estados Unidos estudam impulsionar a realização de uma cúpula regional que inclua uma delegação da Arábia Saudita, Estado com o qual Israel não mantém relações diplomáticas.

Olmert fez tais afirmações à Comissão parlamentar para Assuntos de Exterior e Defesa.

- Neste momento, os americanos estudam uma reunião dos 'dez', afirmou Olmert, ao referir-se ao grupo de trabalho que inclui os membros do Quarteto de Madri (EUA, ONU, União Européia e Rússia), Israel, Autoridade Nacional Palestina (ANP), Egito, Jordânia, Marrocos e Arábia Saudita.

O primeiro-ministro israelense acrescentou que após a reunião dos ministros de Exteriores da Liga Árabe, nesta quarta-feira, no Cairo, uma delegação desta organização deve viajar a Israel.

Olmert indicou em repetidas ocasiões que a denominada Iniciativa Saudita para solucionar o conflito árabe-israelense contém "elementos positivos'.

Além disso, no domingo passado, o premier disse que estava disposto a reunir-se com líderes do mundo árabe para 'conhecer sua posição' e trocar idéias.