Vazamento de lodo em Java Oriental inunda importante ferrovia

Agência EFE

JACARTA - O vazamento de lodo na localidade de Sidoarjo, em Java Oriental, que inundou oito povoados e forçou a remoção de 13 mil pessoas, cobriu uma importante ferrovia da região, informou nesta terça-feira a agência estatal de notícias indonésia 'Antara'.

O limo quente do 'vulcão de lodo' cobriu cerca de 600 metros de trilhos na área de Ketapang Keres, depois de um dos diques construídos para conter a maré de lama não resistir à pressão.

A ferrovia foi coberta por cerca de 20 centímetros de lodo. Mas alguns trens em serviço de emergência conseguem atravessar o trecho afetado, segundo um porta-voz do serviço ferroviário.

O vazamento surgiu em março de 2006 nas imediações de uma prospecção de gás da empresa Lapindo Brantas e já tinha afetado a mesma ferrovia.

O 'vulcão' expele diariamente cerca de 200 mil metros cúbicos de barro quente.