Irã insiste na necessidade de equipar Exército com tecnologia moderna

Agência EFE

TEERÃ - O líder supremo iraniano, o aiatolá Ali Khamenei, afirmou nesta etrça-feira que o Exército da República Islâmica do Irã "deve ser equipado com tecnologia moderna'.

Segundo a agência de notícias 'Irna', o líder máximo iraniano fez este pedido durante uma reunião com altos oficiais das Forças Armadas do país, cujo comandante supremo é o próprio Khamenei.

Khamenei também insistiu na necessidade de aumentar a produção nacional de armas de diferentes tipos.

- O Exército da República Islâmica é muito mais poderoso do que era nos primeiros anos da Revolução (1979), tanto do ponto de vista dos equipamentos, como quanto a sua experiência - disse.

O Irã comemorará na quarta-feira o Dia do Exército, durante o qual espera organizar um desfile militar para expor os 'mais modernos equipamentos defensivos' das Forças Armadas.

Serão expostos diferentes modelos de mísseis terra-terra, assim como embarcações, aviões sem piloto, helicópteros, tanques e veículos blindados, além de equipamentos eletrônicos, entre outro material militar.

As Forças Armadas iranianas fizeram nos últimos doze meses várias manobras no território e nas águas do país, nas quais asseguraram ter testado 'com sucesso' diferentes tipos de armas de fabricação nacional, incluindo mísseis mar-ar e ar-mar.