ASSINE
search button

Turcos são detidos em protesto contra o papa em Istambul

Compartilhar

ISTAMBUL - Dezenas de jovens turcos gritando 'Allahu Akbar' (Deus é o maior) foram detidos nesta quarta-feira ao ocupar o museu Aya Sofia, em Istambul, para protestar contra a visita do papa Bento XVI à0 antiga igreja, na próxima semana. A polícia lançou gás lacrimogêneo e perseguiu os manifestantes na escuridão, sob a cúpula construída no século VI, uma das principais atrações turísticas da Turquia. Ao todo, 39 pessoas foram detidas, mas não há informação de feridos.

À luz de lampiões, os manifestantes apareceram na TV fazendo orações muçulmanas dentro do museu. A visita do papa à Turquia deve provocar mais protestos de grupos islâmicos e nacionalistas mesmo antes da sua chegada, no dia 28.

As autoridades turcas, a exemplo do que ocorreu em todo o mundo islâmico, repudiaram em setembro um discurso do papa em que ele acusava indiretamente o Islã de ser uma religião violenta e irracional. A visita agora é vista como uma chance de reconciliação. (Reuters)