Zelenskiy: Ucrânia merece ser membro pleno da União Europeia

Presidente falou a parlamentares suecos por videoconferência

Foto: Ansa
Credit...Foto: Ansa

A Ucrânia está lutando pela segurança de toda a Europa e deveria ser membro pleno da União Europeia (UE), disse o presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy. Ele falou a parlamentares suecos nesta quinta-feira (24), em discurso por videoconferência.

"Não estamos lutando apenas pelo povo da Ucrânia, mas pela segurança da Europa . Temos demonstrado que merecemos ser membro de pleno direito da UE", afirmou Zelenskiy ao Parlamento da Suécia.

 

ONU

Proposta apresentada pela Rússia pedindo acesso a auxílio e proteção a civis na Ucrânia, mas que não menciona o papel de Moscou na crise, foi rejeitado pelo Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) nessa quarta-feira (23). Apenas Rússia e China votaram a favor. Os outros 13 membros se abstiveram.

“Se a Rússia se importasse com a situação humanitária, pararia de bombardear crianças e com as suas táticas de sítio. Mas eles não fizeram isso”, disse a embaixadora do Reino Unido na ONU, Barbara Woodward, ao conselho, após a votação. A Rússia nega estar atacando civis.

Resolução do Conselho de Segurança precisa de pelo menos nove votos a favor e nenhum veto de Rússia, China, Reino Unido, França ou Estados Unidos.

A Rússia havia retirado uma proposta apresentada anteriormente ao conselho, após acusar países ocidentais de campanha “de pressão sem precedentes” contra a medida. Os EUA rejeitaram a acusação. (com Reuters e Agência Brasil)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais