Talibã pede para discursar na Assembleia Geral da ONU

Grupo enviou carta ao secretário da ONU, António Guterres

Foto: Epa
Credit...Foto: Epa

O grupo fundamentalista islâmico Talibã, atual responsável pelo governo do Afeganistão, pediu para discursar na Assembleia Geral da ONU em Nova York, informou a agência Reuters na tarde desSa terça-feira (21).

Segundo a publicação, os rebeldes enviaram uma carta ao secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, fazendo um apelo para o ministro das Relações Exteriores do Talibã, Amir Khan Muttaqi, falar no fórum internacional.

Além disso, o grupo nomeou seu porta-voz do Catar, Suhail Shaheen, como o novo embaixador do Afeganistão na ONU, abrindo uma disputa com o diplomata Ghulam Isaczai, escolhido pelo governo deposto.

O porta-voz de Guterres, Farhan Haq, afirmou à Reuters que o pedido do Talibã foi enviado a um comitê de nove membros, incluindo Estados Unidos, China e Rússia. Segundo ele, é improvável que a cúpula se reúna para debater o assunto antes do término do evento.

Enquanto isso, Isaczai permanecerá no assento da ONU, de acordo com as regras da Assembleia Geral. De acordo com a programação, ele está agendado para discursar no próximo dia 27 de setembro.(com agência Ansa)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais