'Navalny está morrendo', acusa porta-voz de opositor russo

Segundo Yarmish, falta de tratamento adequado na prisão é motivo

Foto: Yuri Kochetkov/Ansa
Credit...Foto: Yuri Kochetkov/Ansa

A porta-voz do opositor russo Alexei Navalny, Kira Yarmish, afirmou neste sábado (17) que o advogado "está morrendo" na colônia prisional em que está na Rússia.

"As pessoas evitam a palavra 'morrer'. Mas, agora Alexei está morrendo. Nas suas condições, é uma questão de dias", acusou a representante.

Há semanas a defesa do opositor russo vem cobrando um tratamento de saúde mais adequado a Navalny, detido no presídio desde o fim de fevereiro. Há cerca de 10 dias, a advogada Olga Mikhailova informou que seu cliente está com duas hérnias de disco e perdendo a sensibilidade nas mãos por conta do tratamento inadequado que ele recebe.

Navalny chegou a anunciar uma greve de fome para receber o atendimento necessário, mas nada foi feito. Ele chegou a ser internado, no início do mês, em um centro médico da colônia prisional por apresentar dificuldades respiratórias e febre em meio a um surto de tuberculose em sua ala.

O opositor russo foi preso em 17 de janeiro, quando retornou da Alemanha, e, até 26 de fevereiro, permaneceu preso em Moscou. De lá, foi enviado para uma colônia penal a cerca de 150 quilômetros da capital russa, onde está até o momento.

Em 23 de março, a Justiça determinou que ele cumprisse dois anos e meio de detenção em regime fechado por não ter cumprido sua liberdade condicional e não ter comparecido perante a um juiz de custódia no fim de dezembro do ano passado.

No entanto, ele não foi à audiência porque estava em Berlim em tratamento médico após um envenenamento sofrido por ele agosto de 2020 na Sibéria. (com agência Ansa)