Netanyahu recebe 2ª dose de vacina contra Covid-19

Israel iniciou a segunda fase de aplicação das doses

Foto: Miriam Elster
Credit...Foto: Miriam Elster

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, recebeu a segunda dose da vacina anticovid desenvolvida pela Pfizer e pela BioNTech nesse sábado (9) e deu início a segunda fase a campanha de vacinação nacional.

O premiê transmitiu a aplicação pela televisão, assim como havia feito na primeira, como forma de incentivar as pessoas a se vacinarem contra o coronavírus Sars-CoV-2.

Israel é o país que mais vacinou sua população no mundo, cerca de 20%, quando considerados os números proporcionais. Conforme dados do Ministério da Saúde, 72% das pessoas acima dos 60 anos já foram imunizadas, 81% daqueles que têm entre 70 e 79 anos e 76% dos que têm acima de 80 anos.

A previsão do governo é que a campanha de vacinação de todos os seus cerca de nove milhões de habitantes seja finalizada em março. "Seremos o primeiro país a vencer o coronavírus", disse Netanyahu após a vacinação.

Mesmo assim, a nação está em seu terceiro lockdown por conta dos recordes sucessivos de casos e mortes. Desde o início da pandemia, em fevereiro do ano passado, Israel contabiliza 487.680 casos confirmados da covid-19 e 3.651 mortes, conforme a Universidade Johns Hopkins. (com agência Sputnik Brasil)