'Trump não é um bom perdedor', diz ex-mulher do presidente americano

Apesar de a mídia americana projetar Joe Biden como vencedor das eleições nos EUA, Donald Trump se recusa a aceitar a derrota – o que não surpreende Ivana Trump, sua ex-mulher

AP / Evan Agostini
Credit...AP / Evan Agostini

Em entrevista à revista "People", a primeira mulher de Donald Trump afirmou que está farta da indecisão sobre o resultado das eleições e que quer "que a situação se resolva logo, de uma maneira ou de outra". No entanto, conhecendo o ex-marido, ela reconhece que a definição pode ainda demorar:

"Ele não é um bom perdedor. Ele não gosta de perder, então ele vai lutar, lutar e lutar", disse Ivana Trump, que foi casada com o presidente dos EUA de 1977 a 1992.

Além de a mídia norte-americana apontar Biden como vencedor do pleito, boa parte dos líderes mundiais também já consideram o democrata como presidente eleito dos Estados Unidos. Trump, no entanto, se recusa a aceitar a derrota e já disse repetidas vezes que a eleição foi fraudada com votos ilegais. Para Ivana, é questão de tempo até que Trump mude de opinião.

"Eu não acredito que ele tenha uma escolha. Ele precisa declarar derrota. Mas ele odeia perder, disso eu tenho certeza", afirmou Ivana.

Ivana, que é mãe de Ivanka, Donald Jr. e Eric (os três filhos mais velhos do presidente), disse que está feliz pelos filhos, que ficaram muito envolvidos no processo eleitoral. "Viver uma vida normal" é o que a ex-modelo também recomenda para o ex-marido:

"Ele vai para Palm Beach e vai jogar golfe. É o melhor a fazer agora. Ele tem muito dinheiro, muitos lugares para morar e aproveitar a vida", declarou Ivana. (com agência Sputnik Brasil)