Piñera pede renúncia de todos os ministros para dar resposta a protestos no Chile

País teve um protesto que reuniu cerca de 1 milhão de pessoas

O presidente do Chile, Sebastian Piñera, pediu neste sábado que todos os ministros apresentem suas renúncias para fazer uma reforma ministerial, em uma tentativa de encerrar os protestos em massa contra o modelo econômico chileno que têm atingido o país.

O anúncio foi feito após um protesto gigantesco, mas pacífico, na sexta-feira, no qual cerca de 1 milhão de chilenos foram às ruas para pedir por reformas econômicas para reduzir as desigualdades.

Macaque in the trees
Presidente do Chile, Sebastian Piñera (Foto: REUTERS/Rodrigo Garrido)

"Pedi a todos os ministros que coloquem seus cargos à disposição para poder estruturar um novo gabinete para poder enfrentar essas novas demandas e lidarmos com os novos tempos", disse Piñera, um conservador, no palácio presidencial La Moneda.