Chanceler russo diz ser mentira que Moscou pediu a Maduro para não deixar Venezuela

O ministro russo das Relações Exteriores, Sergei Lavrov, disse serem falsas as afirmações de autoridades norte-americanas de que Moscou pediu ao presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, para não deixar o país durante o atual momento de instabilidade, informou a agência de notícias RIA.

Macaque in the trees
Chanceler russo, Sergei Lavrov (Foto: REUTERS/Evgenia Novozhenina)

Segundo a RIA, Lavrov também afirmou que a Rússia e os Estados Unidos têm posições irreconciliáveis sobre a Venezuela, mas concordaram em continuar as negociações sobre o país sul-americano.