Jovem palestino é morto por polícia israelense na Cisjordânia

Segundo a imprensa, menino tentava pular muro de separação

Um menino palestino de 15 anos foi morto nesta sexta-feira (31) e outro jovem ficou ferido, após a Polícia de Fronteira de Israel disparar tiros no sul de Belém, na Cisjordânia.

De acordo com a agência Maan, os dois foram baleados enquanto tentavam pular o muro de separação construído pelo governo israelense na Cisjordânia ocupada. Segundo fontes médicas, citadas pela imprensa local, o jovem palestino, de 21 anos de idade, está em estado grave. Ele foi hospitalizado em um centro médico de Belém com um ferimento no abdômen. Já em Jerusalém, dois israelenses ficaram gravemente feridos durante ataque a faca cometido por um palestino de 19 anos, que foi abatido pelas autoridades, informou o porta-voz da polícia de Israel, Micky Rosenfeld.

Rosenfeld ainda afirmou que um dos israelenses feridos é um menino de 16 anos. A outra vítima é um homem de 50 anos, que foi atingido no pescoço e na cabeça. Ele foi levado para o hospital em estado crítico. Os episódios ocorrem na última sexta-feira do Ramadã, quando milhares de fiéis muçulmanos são esperados na Esplanada das Mesquitas. A polícia disse que reforçou a segurança da Cidade Velha de Jerusalém.