Ataque com faca no Japão deixa 2 mortos e vários feridos

Homem atacou estudantes em uma parada de ônibus em Kawasaki

Ao menos 17 pessoas, incluindo 13 estudantes, foram esfaqueadas nesta terça-feira (28), em um parque da cidade de Kawasaki, no Japão. Duas pessoas morreram, de acordo com as autoridades locais. A polícia informou que um homem de idade entre 40 e 50 anos é considerado o principal suspeito do ataque. No entanto, devido a ferimentos graves, ele faleceu, elevando para três o número total de mortos. As duas vítimas são uma jovem estudante de 12 anos e um homem de 39 anos.

Macaque in the trees
Ataque com faca no Japão deixa 2 mortos e vários feridos (Foto: reprodução redes sociais)

Os estudantes são alunos de uma escola católica de Kawasaki e estavam em uma parada de ônibus no momento do ataque, que ocorreu por volta das 7h45 locais.

De acordo com fontes próximas à investigação, o agressor era o pai de uma das crianças feridas. Ele teria se aproximado das vítimas com facas nas duas mãos e chegou a se esfaquear na altura do pescoço e dos ombros. O incidente ocorreu no último dia da visita oficial do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, a Tóquio. Em uma coletiva de imprensa, o secretário geral do Gabinete do governo, Yoshihide Suga, disse que "se trata de um episódio de violência horrível". Já o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, classificou o ataque como "devastador". "Precisamos manter nossas crianças seguras a todo custo. Eu instruí os ministros para tomarem medidas imediatas para garantir a segurança das crianças no momento de ir e sair da escola", disse. O Japão é um dos países com menor taxa de violência do mundo.

Por isso, o ataque de hoje gerou comoção nacional.