Polícia francesa prende suspeito pela explosão em Lyon

Homem é estudante e já era conhecido pelas autoridades do país

A polícia da França anunciou nesta segunda-feira (27) que prendeu um suspeito de ter sido o responsável pela explosão da última sexta-feira (24) que deixou 13 feridos na cidade de Lyon, uma das mais importantes do país.

O homem detido é um estudante de informática. Segundo o jornal "Le Parisien", ele possui 24 anos, é argelino e já era um velho conhecido das autoridades francesas.

A mãe do suspeito e um amigo próximo a ele também foram presos pela polícia.

Segundo o ministro do Interior da França, Christophe Castaner, o homem foi detido pouco tempo depois de ter descido de um ônibus.

De acordo com o Ministério Público do país, a explosão foi provocada por um "pacote-bomba", que estava cheio de "pregos e parafusos". O incidente aconteceu em frente a uma padaria situada em uma rua exclusiva para pedestres perto da Place Bellecour, no coração de Lyon.

A explosão deixou oito mulheres, uma menina de 10 anos e quatro homens feridos.