Opositor Leopoldo López pede asilo na embaixada do Chile em Caracas

 O líder opositor venezuelano Leopoldo López pediu asilo na embaixada do Chile em Caracas nesta terça-feira (30). Não há informações ainda se o pedido foi aceito.
López estava em prisão domiciliar desde agosto de 2017, mas nesta terça militares que apoiam a oposição permitiram que ele deixasse o local.
Com isso, ele acompanhou o líder da oposição, Juan Guaidó, até a base aérea de La Carlota, em Caracas, para anunciar o apoio de militares dissidentes na luta contra o regime do ditador Nicolás Maduro.