Ministro da Defesa da Venezuela diz que "ato de violência foi parcialmente derrotado"

O ministro da Defesa da Venezuela, Vladimir Padrino, disse que "atos de violência" de alguns membros das Forças Armadas nesta terça-feira foram "parcialmente derrotados" e que as altas patentes militares permanecem "leais à Constituição".

Macaque in the trees
REUTERS/Carlos Garcia Rawlins (Foto: Reuters)

Os comentários de Padrino em um pronunciamento na TV estatal ocorreram após alguns membros da Guarda Nacional acatarem o pedido do líder da oposição, Juan Guaidó, para se manifestarem contra o presidente Nicolás Maduro, levando a confrontos com forças leais a Maduro próximo a uma base aérea em Caracas.