Procuradores estão na casa de Ghosn para prendê-lo

Procuradores de Tóquio foram à casa do ex-CEO da Renault e da Nissan Carlos Ghosn, que está em prisão domiciliar, para prendê-lo novamente sob a acusação de má conduta financeira, nas primeiras horas desta quinta-feira.

A emissora pública NHK e outros veículos viram os procuradores entrando na casa que Ghosn ocupa temporariamente no centro de Tóquio para prender novamente o executivo, em meio à investigação de uma nova denúncia contra ele.

 

Macaque in the trees
Carlos Ghosn (Foto: Kazuhiro NOGI / AFP)