Trump elogia aumento 'sideral' de gastos dos membros da Otan

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, expressou nesta terça-feira (2) sua satisfação com o aumento nos gastos com defesa dos membros da Otan, que ele disse ser "sideral" desde que assumiu o poder há dois anos.

"Um enorme progresso foi feito e a Otan está muito mais forte", disse Trump a repórteres ao se encontrar com o secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), Jens Stoltenberg, em visita a Washington como parte da comemoração do 70º aniversário da aliança.

Macaque in the trees
Donald Trump, presidente dos EUA (Foto: Jim Watson / AFP)

"É sideral", disse sobre o aumento do gasto. "Estão pagando e estou muito feliz".

Trump há muito tempo demonstra ceticismo em relação à Otan, acusando os aliados ocidentais de não contribuírem o suficiente para os gastos de defesa e de viver à custa da contribuição dos EUA.

A administração Trump ficou especialmente enfurecida com a Alemanha, a maior economia da Europa, cujo governo não está cumprindo o compromisso dos 29 membros da Otan alcançados em 2014 para gastar 2% do PIB em defesa.

Stoltenberg, um ex-primeiro-ministro de Noruega, tem apoiado Trump neste tema. Entre 2016 e o final do ano que vem, os 28 membros da Otan, com exceção dos Estados Unidos terão aumentado seu gasto militar em 100 bilhões de dólares, disse Stoltenberg no começo deste ano.

Trump também disse nesta terça que busca uma melhor relação com a Rússia, que continua sendo considerada a principal ameaça da aliança ocidental.

"Espero que tenhamos uma boa relação com a Rússia", disse Trump.