Começa na Rússia o julgamento por atentado de São Petersburgo

O julgamento de onze pessoas acusadas de envolvimento no atentado que deixou 15 mortos no metrô de São Petersburgo em abril de 2017 começou nesta terça-feira em um tribunal militar da segunda maior cidade russa.

O atentado com bomba deixou 15 mortos e quase 70 feridos em 3 de abril de 2017. Seu suposto autor, Akbarjon Djalilov, de 22 anos natural do Quirguistão, morreu na explosão.

Dez pessoas compareceram nesta terça no primeiro dia de julgamento, acusadas de cumplicidade por terem fornecido armas e explosivos, bem como documentos falsos.

Um outro acusado, Abror Azimov, seria, segundo os investigadores, "um dos organizadores" do atentado.

Azimov e seu irmão Akram, que é igualmente julgado, estiveram em contato com um grupo terrorista da Turquia, de onde receberam dinheiro para o suicida, segundo os investigadores.

 

mak/tbm/gmo/bds/pa/mb/mr