Motorista que matou grupo Her's estava na contra-mão, diz polícía dos EUA

O motorista que matou a dupla pop britânica Her's na quarta-feira, em uma batida impressionante, estava na contra-mão em uma rodovia interestadual, informou a polícia norte-americana em comunicado neste sábado.

O Departamento de Segurança Pública do Arizona confirmou a morte de Stephen Fitzpatrick, de 24 anos, e Audun Laading, de 25, bem como outra pessoa em seu veiculo, Trevor Engelbrektson, de 37, de Minneapolis. Ele era seu gerente de turnê e seu motorista.

"Um motorista na direção oposta" foi relatado à polícia perto da 1h de quarta-feira, na Interstate 10, no oeste de Phoenix, disseram autoridades em um comunicado enviado à AFP.

Pouco depois, uma caminhonete da Nissan bateu de frente com a van dos músicos, disse a polícia.

"Ambos os veículos foram engolidos pelas chamas", disse seu comunicado. "Na estrada não havia evidências para indicar que eles frearam qualquer um dos veículos antes do impacto. Um recipiente de bebida alcoólica estava localizado na área dos escombros".

Também morreu o motorista da Nissan, Francisco Edward Rebollar, de 64 anos, de Murrieta, Califórnia.

A gravadora da banda, Heist ou Hit, disse anteriormente que a banda estava viajando para Santa Ana, Califórnia, para o último show da turnê deles pelos Estados Unidos quando o acidente ocorreu.

A dupla indie se apresentou em Phoenix na noite anterior, como parte de sua segunda turnê pelos Estados Unidos para promover seu álbum "Invitation to Her's".

 

bur-it/wdb/lp/rsr/ll