Caracas e outras cidades da Venezuela sofrem novo apagão

Governo de Nicolás Maduro afirma que os apagões são provocados por "ataques" contra a hidroelétrica de Guri

Caracas e outras grandes cidades da Venezuela sofreram um novo apagão, no momento em que o país se recuperava de um corte de energia que o paralisou durante quatro dias.

A queda ocorreu às 19H10 local (20H10 Brasília), deixando as escuras a capital e cidades como Maracaibo, Valencia, Maracay e San Cristóbal, informaram usuários nas redes sociais.

A estatal Corporação Elétrica Nacional (Corpoelec) não informou sobre as causas ou o alcance do novo apagão.

{'nm_midia_inter_thumb1':'https://midias.jb.com.br/_midias/jpg/2019/02/07/97x70/1_000_1d11oq-224755.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5c5c732a2daeb', 'cd_midia':224762, 'ds_midia_link': 'https://midias.jb.com.br/_midias/jpg/2019/02/07/627x418/1_000_1d11oq-224755.jpg', 'ds_midia': 'Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, participa de evento militar em Caracas. Comando das forças armadas defende governo
', 'ds_midia_credi': 'AFP', 'ds_midia_titlo': 'Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, participa de evento militar em Caracas. Comando das forças armadas defende governo
', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '627', 'cd_midia_h': '418', 'align': 'Left'}

Desde 7 de março passado, repetidos cortes de energia têm afetado a Venezuela, prejudicando o fornecimento de água, o transporte público, os serviços de telefonia e internet, e paralisando as transações eletrônicas, fundamentais em um país onde a inflação é galopante.

O governo de Nicolás Maduro afirma que os apagões são provocados por "ataques" contra a hidroelétrica de Guri, que gera 80% da energia consumida no país, patrocinados por Estados Unidos e a oposição.

Os apagões são habituais na Venezuela há uma década e especialistas apontam como consequência a falta de investimentos em infraestrutura e a corrupção.

O líder do parlamento Juan Guaidó, reconhecido como presidente interino da Venezuela por mais de 50 países, liderará neste sábado um protesto nacional pelos apagões.