Facebook proíbe apoio ao supremacismo branco e ao separatismo na rede social

O Facebook anunciou, nesta quarta-feira, que proibirá a exaltação ou o apoio ao supremacismo branco e ao separatismo nesta rede social e no Instagram, uma restrição que começará a aplicar na semana que vem, endurecendo suas normas contra o discurso de ódio.

"Está claro que estes conceitos estão profundamente vinculados aos grupos de ódio organizados e não têm cabimento em nossos serviços", disse a empresa.

gc/ll/lda/db