Guaidó diz que presença de militares russos na Venezuela viola Constituição

O líder da oposição Juan Guaidó, reconhecido como presidente encarregado da Venezuela por mais de 50 governos, afirmou nesta terça-feira (26) que a chegada de militares russos ao país viola a Constituição.

Macaque in the trees
Líder da oposição venezuelana e autoproclamado presidente em exercício Juan Guaido acena durante uma manifestação em sua chegada em Caracas em (Foto: RONALDO SCHEMIDT / AFP)

"Parece que (no governo de Nicolás Maduro) eles não confiam em seus militares (...) Eles violam a Constituição novamente", declarou Guaidó em discurso ante o Parlamento de maioria oposicionista, que, segundo a lei, deve autorizar ou não qualquer missão militar estrangeira na Venezuela.