Um israelense é morto e dois outros feridos em ataque na Cisjordânia

Um israelense foi morto e outros dois ficaram feridos, neste domingo (17), em um ataque com faca e arma de fogo aparentemente cometido por um palestino na Cisjordânia ocupada, informaram o Exército e o serviço de emergência israelenses.

"Um israelense foi morto por um terrorista que parece ser um palestino", disse o porta-voz do Exército, o coronel Jonathan Conricus, sobre o ataque que aconteceu perto do entroncamento da colônia de Ariel, ao sudeste de Nablus.

O atacante apunhalou um soldado perto do cruzamento de Ariel e pegou sua arma, antes de disparar contra três veículos, informou o porta-voz.

"O terceiro veículo parou e o terrorista o pegou" para ir ao cruzamento vizinho de Gitai Avishar, onde abriu fogo e feriu outro soldado, acrescentou.

Ele então continuou dirigindo para o vilarejo palestino de Bruqin.

"Uma caçada está em andamento", disse o porta-voz.

O serviço de emergência afirmou que socorreu dois israelenses de 46 anos e 20 anos que haviam sido gravemente feridos por tiros.

O porta-voz do Exército não forneceu detalhes sobre a identidade do israelense morto.