Jornal do Brasil

Internacional

Trump elogia 'Jexodus', movimento pela saída dos judeus do Partido Democrata

Jornal do Brasil

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, elogiou nesta sexta-feira (15) o "Jexodus", um "movimento" que estimula os jovens judeus a abandonarem o Partido Democrata e se unir aos republicanos.

"O movimento 'Jexodus' estimula os judeus a deixarem o Partido Democrata (...) Os republicanos os esperam com os braços abertos", tuitou o presidente.

Macaque in the trees
Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump (Foto: Saul Loeb / AFP)

No início desta semana, Trump já havia citado a jovem Elizabeth Pipko, que se apresentou na Fox News como porta-voz do "Jexodus", um neologismo em inglês formado pelas palavras "judeu" e "êxodo", e denunciou "o antissemitismo dentro do Partido Democrata".

Durante vários dias, o presidente questionou os democratas nesse sentido.

"Os democratas se converteram em um partido anti-Israel, se converteram em um partido antijudeus", disse Trump na semana passada, após a polêmica provocada pelas declarações de uma congressista democrata muçulmana.

Ilhan Omar, única parlamentar a usar o véu islâmico e uma das duas primeiras muçulmanas do Congresso americano, criticou "a lealdade a um país estrangeiro" de alguns grupos de pressão, assim como de congressistas - uma referência a Israel e ao Aipac, um poderoso lobby pró-Israel nos Estados Unidos.

jca/iba/cbr/gv/tt