EUA ainda acreditam em diálogo com a Coreia do Norte

Trump disse que o líder norte-coreano prometeu manter a suspensão dos testes nucleares e de mísseis

Os Estados Unidos esperam continuar com as negociações com a Coreia do Norte que visam ao desarmamento nuclear do país asiático, afirmou nesta sexta-feira (15) o chefe da diplomacia americana, Mike Pompeo, após relatos de que Pyongyang está considerando suspender o diálogo com Washington.

"Estamos esperançosos de que possamos continuar a manter essas conversas", disse Pompeo em entrevista coletiva.

A agência de notícias russa TASS informou que a vice-chanceler da Coreia do Norte, Choe Son Hui, se recusou a ceder às exigências americanas, após o encontro em Hanói entre o líder norte-coreano Kim Jong Un e presidente Donald Trump acabar sem acordo.

Macaque in the trees
Donald Trump (Foto: MANDEL NGAN / AFP)

Trump disse em uma coletiva de imprensa pós-cúpula em Hanói que Kim prometeu manter a suspensão dos testes nucleares e de mísseis.

Analistas expressaram temores de que a mudança de tom de Pyongyang possa significar a retomada desses testes, mas Pompeo estava otimista em relação a essa moratória.

"Em Hanói, em várias ocasiões, (Kim) falou diretamente com o presidente e prometeu não retomar os testes nucleares ou de mísseis", disse Pompeo.

"Temos todas as expectativas de que ele honrará esse compromisso", acrescentou.

fff-ft/ad/gv/cn