Maduro denuncia que novo ataque cibernético frustrou restabelecimento de energia

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, denunciou neste sábado que um novo "ataque cibernético" frustrou o processo de restabelecimento de energia, em meio a um apagão que já dura mais de 48 horas.

"Hoje, 9 de março, havíamos avançado quase 70%, quando sofremos, ao meio-dia, um novo ataque de caráter cibernético a uma das fontes de geração, que funcionava perfeitamente, o que perturbou e derrubou tudo que havíamos conseguido", disse Maduro a uma multidão de apoiadores no centro de Caracas.

mis-axm/mbj/lda/lb