EUA recorre a militares para alojar menores imigrantes desacompanhados

O governo de Donald Trump pediu ao departamento de Defesa que disponibilize instalações militares para abrigar cerca de 5 mil imigrantes menores que entraram no país desacompanhados, revelou um porta-voz do Pentágono.

O Departamento de Saúde e Serviços Humanos "pediu ao Departamento de Defesa ajuda para identificar espaços para abrigar 5 mil menores estrangeiros desacompanhados, caso isto seja necessário até 30 de setembro", informou o coronel Jamie Davis.

Macaque in the trees
Donald Trump (Foto: Jim WATSON / AFP)

O Departamento de Defesa vai trabalhar para identificar possíveis estabelecimentos para este tipo de ajuda e também vai auxiliar o Departamento de Saúde na avaliação de instalações e terrenos.

O requerimento é preventivo, já que as autoridades não sabem se de fato haverá tal necessidade.

Segundo o Bureau de Alfândegas e Proteção da Fronteira, em fevereiro passado 6.825 menores desacompanhados foram detidos após entrarem no país de forma ilegal, contra 5.119 em janeiro.

Na quarta-feira, a secretária de Segurança Nacional, Kirstjen Nielsen, avaliou que a entrada de imigrantes ilegais nos Estados Unidos deve aumentar nos próximos meses.

 

pmh/ec/lr