Sete mortos em ataques no leste da RD Congo

Sete pessoas morreram em vários ataques executados em um quartel militar de Butembo e na cidade de Goma, no leste da República Democrática do Congo, indicaram nesta terça-feira (5) fontes coincidentes.

O quartel de Butembo foi palco de um ataque de milicianos Mai Mai ao amanhecer, causando a morte de um agressor e de dois militares congoleses, anunciou o Exército da RDC em sua conta no Twitter.

Butembo, situada na província de Kivu do Norte (leste), também presenciou vários ataques nas últimas semanas.

Em Goma, capital desta província, "uma pessoa foi encontrada morta por um disparo" nesta terça e "outros três corpos degolados com facão", declarou à AFP Claver Kahasa, substituto do promotor de Goma.

Os responsáveis pelas matanças não foram identificados, assinalou à AFP o prefeito da cidade, Timothée Muissa Kiesse.

Ao longo do ano, cerca de 30 pessoas perderam a vida em Goma em ataques de homens armados não identificados.

Os agressores costumam agir nos bairros do norte e do oeste de Goma, vizinhos do Parque Nacional Virunga, com presença de milícias e grupos armados ativos em Kivu do Norte há mais de duas décadas.

 

ak-bmb/mbb/jpc/jvb/mb/cb