Ataques criminosos no noroeste da Nigéria deixam ao menos 30 mortos

Pelo menos 30 pessoas morreram no ataque a um povoado do noroeste da Nigéria, no estado de Zamfara, pelas mãos de grupos armados que aterrorizam a população, declararam nesta terça-feira (5) à AFP a polícia e os moradores.

Homens armados sobre motos atacaram no domingo o povoado de Kware, no distrito de Shinkafi, disparando contra os habitantes e incendiando casas.

"Posso confirmar que os bandidos mataram 30 pessoas durante o ataque de Kware", declarou o porta-voz da polícia de Zamfara, Mohammed Shehu.

No povoado, os habitantes falavam de um balanço mais alto.

"Encontramos 34 corpos depois do ataque e muitas outras pessoas ainda não foram achadas", afirmou Alu Wadatau, morador de Kware.

"Chegaram às 16h00 (12h00 de Brasília) e abriram fogo contra o povoado, disparando para matar as pessoas e incendiando casas", assinalou.

Na semana passada, cerca de 60 pessoas foram assassinadas por bandidos que agem na região do noroeste, onde o Estado nigeriano nem sempre pode garantir a segurança.

 

abu-cl/thm/bc/mb/cb