Partido trabalhista britânico vai recorrer a auditoria externa

Depois da saída do nono deputado do Partido Trabalhista do Reino Unido por conta de "antissemitismo", a legenda anunciou que pretende contratar um analista externo para avaliar a forma como os trabalhistas vêm lidando com a questão. Ian Austin anunciou ontem seu desligamento e disse que "se envergonha do Partido Trabalhista sob a liderança de Jeremy Corbyn". Austin, no entanto, disse que não vai se unir ao Grupo Independente (TIG) por conta do grupo ser contrário ao Brexit.