Dinamarca expulsa dois funcionários da Huawei em situação irregular

A Dinamarca decidiu expulsar dois funcionários da gigante chinesa de telecomunicações Huawei em situação irregular, anunciou nesta segunda-feira a polícia de Copenhague.

Na semana passada, "a polícia de Copenhague realizou uma verificação de rotina de autorizações de trabalho e de residência (nas dependências da Huawei) e, em dois casos, as autoridades descobriram que os documentos não estavam em ordem", disse uma fonte policial à AFP.

Essas pessoas, cuja identidade não foi divulgada, devem deixar o país, acrescentou a fonte.

Suspeita-se que a Huawei representa um problema de segurança nacional para vários países que a contrataram para criar uma rede de internet de alta velocidade 5G. Alguns temem que o material da Huawei permita ao governo chinês espionar as comunicações dos países que usam essa rede.

A polícia de Copenhague afirmou, no entanto, que essas duas expulsões de funcionários do grupo chinês não têm nada a ver com essas alegações.

cbw/gab/nas/me/age/mr