Jornal do Brasil

Internacional

Manifestantes fazem protesto pró-Maduro no Rio

Jornal do Brasil

Nesta quarta-feira (23), a Venezuela está sendo sacudida por manifestações a favor e contra o governo de Nicolás Maduro. No Rio, também foram convocados atos sobre o situação politica do país. Por volta das 11h da manhã, militantes a favor do governo se reuniram em frente ao Consulado do país, na Av. Presidente Vargas e chamou a atenção das pessoas que passavam. 

A mobilização foi organizada pelo Comitê de Solidariedade à Revolução Bolivariana, formado por organizações que defendem o governo Maduro. Estiveram presentes cerca de 100 manifestantes que levantavam cartazes e faixas contra Donald Trump e os Estados Unidos. 

Nas falas, foi apontado um caráter geral de um "ataque imperialista ao povo da Venezuela", relacionando a instabilidade política no país a uma conjuntura latinoamericana. Os presidentes Jair Bolsonaro e Maurício Macri, da Argentina, foram bastante criticados e a prisão do ex-presidente Lula também foi inserida nesse contexto. Muitos gritos de Lula Livre e algumas faixas a favor do brasileiro estiveram presentes. 

O cônsul-geral da Venezuela no Rio de Janeiro, Edgar González, esteve na manifestação e agradeceu o apoio de organizações brasileiras ao povo venzuelano. Integrantes do PSUV, partido chavista, também estiveram presentes. A oposição inicialmente tinha planejado uma ação contra o Consulado no mesmo horário, mas decidiu remarcar sua mobilização para a orla, em frente ao hotel Copacabana Palace.