Guru da Índia é sentenciado à prisão perpétua

Gurmeet Ram Rahim Singh, líder da poderosa seita indiana Dera Sacha Sauda, foi condenado à prisão perpétua pelo assassinato de um jornalista que o denunciou por abusos sexuais contra seus seguidores. Ram Chhatrapati foi baleado diante de sua casa após o jornal no qual trabalhava publicar uma carta anônima expondo os abusos do guru.