Jornal do Brasil

Internacional

Sem acordo para muro, Trump quer declarar emergência nacional

Jornal do Brasil

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reiterou novamente que, sem um acordo para o financiamento da construção de um muro na fronteira do país com o México, poderia declarar emergência nacional. "Provavelmente farei isso, talvez definitivamente", afirmou, quando questionado sobre a possibilidade de usar o recurso para erguer a barreira física.

"Sem um acordo com os democratas, seria muito surpreendente para mim se eu não declarasse emergência nacional", acrescentou Trump, ao deixar a Casa Branca rumo à fronteira sul dos EUA, que faz divisa com o vizinho mexicano. Ele afirmou, no entanto, não estar "preparado para declarar emergência ainda", mas destacou que fará isso se for preciso porque tem "total direito".

Macaque in the trees
Presidente dos EUA, Donald Trump. (Foto: Carlos Barria | POOL | AFP)

Segundo o presidente, um muro "de concreto ou aço" pagaria por si mesmo "em dois ou três meses" e a verba virá, "indiretamente", do México, por meio do acordo Estados Unidos-México-Canadá (USMCA), o qual ele afirmou acreditar que "provavelmente" será aprovado no Congresso americano.

A construção de um muro na divisa entre os EUA e o México tem sido o principal impasse para o término da paralisação do governo federal americano, que já chega ao 20º.