Jornal do Brasil

Internacional

Trump alerta sobre 'shutdown muito longo' se não houver fundos para o muro

Jornal do Brasil

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, alertou, nesta sexta-feira, que haverá um 'shutdown' (paralisação) "muito longo" do governo se os democratas se recusarem a aprovar verbas para aumentar a segurança e construir um muro na fronteira com o México.

"'Shutdown' hoje se os Democratas não votarem a favor da Segurança da Fronteira!", disse Trump em um de uma série de tuítes sobre o assunto.

"Os democratas, de cujos votos precisamos no Senado, provavelmente votarão contra a Segurança da Fronteira e contra o Muro, embora saibam que é DESESPERADAMENTE NECESSÁRIO".

Macaque in the trees
Donald Trump (Foto: MANDEL NGAN / AFP)

"Se os Democratas votarem não, haverá um 'shutdown' que durará muito tempo. As pessoas não querem Fronteiras Abertas e Crime!"

Trump e os democratas do Congresso permanecem muito distantes, enquanto se aproxima o prazo de meia-noite desta sexta-feira para aprovar os fundos e manter o governo dos EUA em funcionamento.

Sem um acordo, agências-chave fecharão e muitos trabalhadores ficarão de licença antes do Natal, sem receber seus salários.

Trump parecia endurecer sua demanda por US$ 5 bilhões em financiamento para o muro na fronteira EUA-México, um projeto pelo qual luta desde que começou a fazer campanha para a presidência, em 2015.

"Até mesmo o presidente Ronald Reagan tentou por 8 anos construir um Muro na Fronteira, (...) e foi incapaz de fazê-lo. Outros também tentaram. Vamos fazê-lo, de uma forma ou de outra!", escreveu Trump.

Segundo Trump, "os Democratas estão tentando depreciar o conceito de Muro, chamando-o de antiquado. O fato é que não há nada mais que funcione, e isso é verdade há milhares de anos".

"É como a roda, não há nada melhor. Eu conheço a tecnologia melhor que ninguém, e a tecnologia (...) em uma Fronteira só é eficaz em conjunto com um Muro".

 

 

ch-bur/bp/db