Jornal do Brasil

Internacional

Acusações ocidentais de espionagem querem frear desenvolvimento da Rússia, diz Putin

Jornal do Brasil

As acusações ocidentais de espionagem contra a Rússia, em especial o envenenamento no Reino Unido do ex-espião duplo Sergei Skripal, são pretextos para "frear o desenvolvimento" do país, afirmou nesta quinta-feira (20) em Moscou o presidente russo, Vladimir Putin.

"O objetivo é simples: frear o desenvolvimento da Rússia, considerado um possível competidor", afirmou durante sua entrevista coletiva anual, ao responder a uma pergunta sobre esses escândalos.

Putin também criticou a recente acusação da russa Maria Butina nos Estados Unidos, onde é acusada de "complô" com o objetivo de "promover os interesses da Rússia", pelo qual se declarou culpada.

"Não compreendo o que ela poderia confessar já que não realizou nenhuma missão do governo", disse Putin.

"Não entendo o porquê ela foi presa, não há fundamento", continuou o presidente russo.

Putin acrescentou que as sanções impostas pelo Ocidente à Rússia são o resultado da crescente influência russa no mundo. "Isso está ligado ao aumento do poder russo", assinalou.

 

mp-rco/tbm/lch/me/zm/cb