Jornal do Brasil

Internacional

Coreia do Norte diz que nunca vai desistir de armas nucleares unilateralmente

Jornal do Brasil

A Coreia do Norte informou, nesta quinta-feira, 20, que nunca vai abrir mão de suas armas nucleares, a não ser que os Estados Unidos removam primeiro sua ameaça nuclear.

O comunicado da Agência Central de Notícias coreana ocorre em meio ao impasse nas negociações entre Washington e Pyongyang sobre a desnuclearização do país. As declarações podem levantar mais dúvidas sobre se o líder norte-coreano Kim Jong Un irá em algum momento renunciar do seu arsenal, que ele entende como sua garantia de sobrevivência.

Kim e o presidente Donald Trump se encontraram no dia 5 de junho em Cingapura, onde acertaram um vago objetivo de completa desnuclearização da península coreana, sem descrever como e quando isso ocorreria.

As negociações, contudo, pararam porque a Coreia do Norte insiste que os EUA retirem as sanções internacionais sobre o país antes de começar o processo de desnuclearização.