Papa critica 'consumismo' em época de Natal

Francisco fez apelo para celebração não virar algo "mundano"

O papa Francisco criticou nesta quarta-feira (19) o "consumismo" no período de Natal e pediu que as pessoas não tornem a celebração "mundana".

"A máquina publicitária convida a sempre trocar presentes novos para fazer surpresas. Mas esta é a festa que agrada a Deus?", questionou Jorge Mario Bergoglio durante a audiência geral de hoje, no Vaticano.

"O Natal é preferir a voz silenciosa de Deus ao barulho do consumismo. Se soubermos estar em silêncio diante do presépio, o Natal será uma surpresa para nós também, não uma coisa já vista.No entanto, pode-se errar a festa, preferindo as coisas da terra que as novidades do céu", afirmou.

"Se o Natal for uma festa tradicional, onde ao centro estamos nós, e não Ele, será uma ocasião perdida. Por favor, não mundanizemos o Natal", disse Francisco.