ONU reduz pedido de ajuda a palestinos para valor 'realista'

A ONU pediu nesta segunda-feira à comunidade internacional que contribua com 350 milhões de dólares de ajuda aos palestinos em 2019, um valor inferior às necessidades mas "realista" diante da falta de doadores.

As Nações Unidas assinalaram que as contribuições têm se reduzido desde 2018, quando o orçamento da ajuda foi de 539 milhões de dólares. Esta assistência beneficiará 1,4 milhão de palestinos através de mais de 200 projetos.

O orçamento da ONU para ajudar os palestinos tem sofrido com a recente decisão dos Estados Unidos de eliminar quase todas as suas contribuições para esta finalidade.

A administração de Donald Trump cortou em 2018 mais de 500 milhões de dólares de ajuda aos palestinos, e suspendeu seu apoio financeiro à agência da ONU para os refugiados palestinos (UNRWA).

Jamie McGoldrick, coordenador humanitário da ONU para os Territórios Palestinos, disse nesta segunda-feira que devido à falta de doadores a ONU tinha que ser mais "realista" ao solicitar fundos.

"Nos concentramos neste plano de resposta humanitária sobre os casos de maior prioridade", assinalou durante um apelo aos contribuintes na cidade de Ramallah, na Cisjordânia ocupada.

 

jod/jjm/lr