Jornal do Brasil

Internacional

Constantinopla saúda a criação na Ucrânia de Igreja Ortodoxa independente

Jornal do Brasil

O patriarcado da Constantinopla saudou a criação de uma Igreja Ortodoxa independente de Moscou na Ucrânia e convidou a primazia desta nova Igreja a Istambul para receber o decreto oficial confirmando seu status.

Constantinopla expressou sua "grande alegria e satisfação", segundo um comunicado divulgado no sábado à noite.

Um conselho de eclesiásticos ortodoxos, reunidos em uma catedral em Kiev, na presença do presidente ucraniano Petro Poroshenko, oficializou no sábado a criação desta nova Igreja e elegeu seu primaz, Yepifani, pondo fim a 332 anos de tutela religiosa russa sobre a Ucrânia.

A decisão histórica supõe um símbolo suplementar do divórcio entre Kiev e Moscou, após várias anos de crise.

O metropolita Yepifani, de 39 anos, até agora um desconhecido, é considerado próximo do Patriarca de Kiev, Filaret, ex-comungado por Moscou antes de ser reabilitado em outubro pelo Patriarcado de Constantinopla, que atua como uma figura de autoridade no mundo ortodoxo.

Yepifani, eleito por votação, receberá em 6 de janeiro do Patriarcado de Constantinopla um decreto oficial confirmando o status independente de sua Igreja.

 

lsb/cls/me/age/ap