Jornal do Brasil

Internacional

Tensão e mortos em Roraima

Jornal do Brasil

Em setembro, um venezuelano foi assassinado a pedradas e pauladas em Roraima após matar um brasileiro com uma facada. O caso ocorreu após um suposto furto perto de um abrigo improvisado com mais de 300 venezuelanos em Boa Vista. Segundo a polícia, três venezuelanos tentaram furtar pães e foram perseguidos por seis brasileiros. Um deles, o autônomo Manoel Siqueira de Sousa, de 35 anos, conseguiu alcançar um dos venezuelanos, que o esfaqueou na garganta.

Em março, um grupo de 300 brasileiros expulsou de um abrigo cerca de 200 venezuelanos - entre eles, mulheres e crianças. A confusão ocorreu depois que uma briga deixou um brasileiro e um venezuelano mortos no município de Mucajaí. O inédito fluxo - até novembro, havia 85 mil venezuelanos registrados no Brasil - tem causado tensão em Roraima, onde moradores pedem o fim da "invasão venezuelana".

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.