Nunca pedi a meu ex-advogado que fizesse algo errado, diz Trump

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nunca ter pedido ao seu ex-advogado Michael Cohen, sentenciado ontem a três anos de prisão por irregularidades como evasão tributária e duas violações das regras de financiamento de campanha, que fizesse algo errado.

Em entrevista à Fox News, Trump reiterou não ter feito "nada errado" em relação a pagamentos supostamente feitos por Cohen a duas mulheres que teriam tido relacionamentos sexuais com o presidente americano - a atriz de filmes adultos Stormy Daniels e a modelo e ex-coelhinha da Playboy Karen McDougal.

Na avaliação de Trump, foi um "erro" ter contratado Cohen e "qualquer coisa que ele tenha feito, fez por conta própria". (Com informações da Dow Jones Newswires)