Jornal do Brasil

Internacional

Hamas reivindica dois ataques contra israelenses na Cisjordânia

Jornal do Brasil

O braço armado do movimento islamita Hamas reivindicou nesta quinta-feira dois ataques em que três israelenses morreram na Cisjordânia nos últimos meses, assegurando que Israel não terá "nem segurança, nem estabilidade" nesse território palestino ocupado.

As Brigadas Al-Qasam, o braço armado do Hamas que controla a Faixa de Gaza, anunciaram em um comunicado a morte de dois de seus "combatentes".

Os dois foram mortos na quarta-feira à noite em operações israelenses e haviam realizado os ataques de 9 de dezembro em Ofra, em que o bebê de uma mulher grávida morreu, e o de 7 de outubro na zona industrial de Barkan, em que dois israelenses morreram.

sa/cmr/pa/zm/mr