Jornal do Brasil

Internacional

EUA consideram que 5 marines desaparecidos após acidente no Japão estão mortos

Jornal do Brasil

Os cinco marines americanos desaparecidos após a colisão na semana passada de dois aviões militares dos Estados Unidos na costa do Japão foram considerados mortos, o que eleva o balanço do acidente a seis vítimas fatais.

Após vários dias de buscas, o Corpo dos Fuzileiros Navais decidiu encerrar as operações de resgate. Apenas um marine foi resgatado com vida.

"Todos os esforços possíveis foram feitos para recuperar nossa tripulação", afirmou o tenente-general Eric Smith, da 3ª Força Expedicionária dos Marines, que elogiou a mobilização "incrível das forças americanas, japonesas e australianas".

O acidente aconteceu no dia 6 de dezembro, quando os aviões participavam de treinamentos programados a 100 km de Cabo Muroto, na ilha de Shikoku (sudoeste do Japão).

Os dois aviões do Corpo de Fuzileiros Navais, um caça F/A-18 com duas pessoas a bordo e uma aeronave de abastecimento KC-130 com cinco ocupantes, colidiram em circunstâncias ainda não determinadas.

"Não está confirmado que o acidente aconteceu durante uma operação de abastecimento em voo", afirma um comunicado militar.

As Forças Armadas americanas mantêm quase 50.000 militares no Japão, quase metade deles no arquipélago de Okinawa.

anb/plh/sgf/fp