Jornal do Brasil

Internacional

EUA realiza voo de observação sobre a Ucrânia

Jornal do Brasil

O Pentágono informou nesta quinta-feira (6) ter realizado um voo de observação sobre a Ucrânia para reafirmar o apoio dos Estados Unidos a este país, após a captura de navios de guerra ucranianos por parte da Rússia no mar de Azov.

"Os Estados Unidos e seus aliados realizaram um voo de observação extraordinário de acordo com o tratado Open Sky", informou o Departamento de Defesa em comunicado.

O tratado Open Sky permite aos 34 Estados-partes dos acordos da Conferência sobre a Segurança e Cooperação na Europa (CSCE) sobrevoar seus respectivos territórios para verificar movimentos militares e as medidas de controle de armamentos.

O calendário desses voos é anunciado com antecedência e o termo "extraordinário" significa que o voo foi efetuado fora do calendário programado.

"A data escolhida para este voo está destinada a reafirmar o compromisso dos Estados Unidos com a Ucrânia e seus outros aliados", acrescenta.

"A agressão russa não provocada contra os navios de guerra ucranianos no mar Negro, perto o estreito de Kerch, representa uma escalada perigosa após uma série de atos cada vez mais provocadores e ameaçadoras", acrescenta o Pentágono.

Em 25 de novembro, a Rússia capturou três navios de guerra ucranianos que tentaram de penetrar no mar Negro do mar de Azov e deteve 24 fuzileiros navais a bordo.

sl/elm/lb/arc/cc/mvv