Jornal do Brasil

Internacional

Procurador turco pede a prisão de pessoas próximas ao príncipe saudita no caso Khashoggi

jjrnalista saudita crítico ao governo da Arábia Saudita, foi morto dentro do consulado de seu país em Istambul

Jornal do Brasil

O procurador-geral turco pediu nesta quarta-feira a detenção de duas pessoas próximas ao príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohamed bin Salman, no caso do assassinato do jornalista saudita Jamal Khashoggi no consulado do reino em Istambul.

Macaque in the trees
Príncipe herdeiro Mohammed bin Salman (Foto: RYAD KRAMDI / AFP)

O gabinete do procurador-geral de Istambul solicitou mandatos de detenção contra Ahmed al Assiri e Saud al Qahtani, suspeitos de planejar o assassinato, de acordo com um documento transmitido pela Procuradoria ao tribunal.