Jornal do Brasil

Internacional

Trump apoia secretário do Tesouro após boatos sobre críticas

Jornal do Brasil

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, elogiou nesta sexta-feira o seu secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, após o Wall Street Journal noticiar um desentendimento entre os dois envolvendo a nomeação do presidente do Federal Reserve (Fed).

"Estou extremamente feliz e orgulhoso com o trabalho que está realizando o Secretário de @USuryury" (Steven Mnuchin)".

Segundo o jornal, Trump estaria irritado com a presença de Jerome Powell na direção do Fed, que ele mesmo nomeou, e ainda culparia Mnuchin pelas recentes turbulências nos mercados e por seu ceticismo sobre os métodos que aplica nas relações comerciais.

Trump disse que as informações sobre Mnuchin eram "fake news", como também fez no final de 2017 sobre os boatos de que o então secretário de Estado, Rex Tillerson, deixaria o governo, o que acabou ocorrendo.

O Wall Street Journal revelou que nas últimas semanas Trump perguntou a seus assessores se não deveria ter nomeado Jamie Dimon, diretor executivo do JPMorgan Chase, para o lugar de Mnuchin.

Antes do tuíte de Trump, a Casa Branca havia declarado o apreço do presidente ao trabalho de Mnuchin.

"O secretário do Tesouro, Mnuchin, foi efetivo na implementação das prioridades do presidente", escreveu Lindsay Walters, porta-voz da Casa Branca.