Jornal do Brasil

Internacional

Paquistão prende clérigo extremista que promoveu violência em protestos

Jornal do Brasil

A polícia do Paquistão deteve na noite desta sexta-feira um clérigo extremista cujo partido paralisou recentemente o país com violentos protestos contra a absolvição de uma cristã condenada à morte por blasfêmia.

O clérigo Khadim Hussain Rizvi, líder do partido Tehereek-e-Labaik Pakistan (TLP), foi preso antes de um protesto previsto para este sábado em Islamabad, tuitou o ministro paquistanês da Informação, Fawad Chaudhry.

"Khadim Hussain Rizvi foi colocado sob custódia pela polícia", tuitou Chaudhry, acrescentando que a decisão não está vinculada ao caso de Asia Bibi, a cristã paquistanesa que passou oito anos no corredor da morte até ter sua pena anulada pelo Supremo Tribunal, no mês passado.

"Trata-se de salvaguardar a vida pública, a propriedade e a ordem, e nada tem a ver com o caso Asia Bibi", tuitou o ministro.

A decisão do tribunal de anular a condenação de Asia Bibi provocou furiosas manifestações, lideradas pelo TLP, que exigiam a execução desta mulher cristã.

Os protestos paralisaram as principais estradas do país, deixando amplas zonas isoladas.

sjd/lr