Jornal do Brasil

Internacional

Número de mortos em incêndios na Califórnia chega a 83

Jornal do Brasil

O balanço do devastador incêndio na região norte da Califórnia aumentou para 83 mortos, com a descoberta de novos corpos em residências queimadas, anunciaram as autoridades.

O número de desaparecidos caiu de 870 a 563, um balanço que variou nos últimos dias em consequência da confusão nas buscas por corpos na localidade de Paradise, arrasada pelas chamas.

No sábado passado, o número de desaparecidos era de 1.276.

Ao todo, 64 mortos já foram identificados. A maioria das vítimas faleceu em decorrência do incêndio "Camp", no condado de Butte, no norte do estado, considerado o mais mortal e destrutivo incêndio da história da região.

As chamas já destruíram cerca de 13,5 mil casas, 500 lojas e queimaram mais de 600 quilômetros de área apenas em Paradise, cidade totalmente devastada. Além disso, cerca de 5100 estruturas estão ameaçadas. Até o momento, os bombeiros já conseguiram conter 85% das chamas, que já destruíram 62.052 hectares.

No último final de semana, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, visitou a região queimada e pediu que novas medidas sejam tomadas para fornecer melhorias na gestão florestal, na tentativa de prevenir novos incêndios